Radio Vaticano 22/08

Audiência Geral: Maria Rainha ◊   Castel Gandolfo (RV) – Como todas as quartas-feiras, o Santo Padre recebeu para audiência geral um numeroso e alegre grupo de fiéis oriundos de várias partes do mundo, inclusive do Brasil. A Audiência Geral foi …

Audiência Geral: Maria Rainha

◊   Castel Gandolfo (RV) – Como todas as quartas-feiras, o Santo Padre recebeu para audiência geral um numeroso e alegre grupo de fiéis oriundos de várias partes do mundo, inclusive do Brasil.
A Audiência Geral foi realizada na Praça da Liberdade, diante do portão principal da Residência de Verão dos Papas, em Castel Gandolfo.
Bento XVI se ateve à comemoração de hoje marcada pelo calendário litúrgico: Nossa Senhora Rainha.

Esta festa, disse o Papa, decorrente de uma devoção antiga, foi estabelecida por Pio XII em 1954, na conclusão do Ano Mariano, a ser comemorada a cada 31 de maio. Na reforma pós conciliar ela foi colocada oito dias depois da solenidade da Assunção para destacar a ligação estreita entre realeza de Maria e sua glorificação em corpo e alma ao lado de seu Filho. Esta convicção encontramos na Constituição sobre a Igreja do Vaticano II.

Maria é rainha, mais que outra criatura, pela elevação de sua alma e pela excelência dos dons divinos que recebeu.
Segundo Santo Efrém, Maria é rainha porque é a Mãe do Senhor, do Rei dos Reis (cfr Is 9, 1-6) além do nos indicar Jesus como vida, salvação e esperança nossa. Em seguida Bento XVI nos cita Paulo VI em sua Exortação Apostólica Marialis Cultus: “Na Virgem Maria tudo é relativo a Cristo e tudo dele depende.”
O Pontífice se pergunta: “O que quer dizer Maria Rainha?” É uma conseqüência de sua união ao Filho, Senhor do Universo e da História. A realeza de Cristo é tecida de humildade, de serviço e de amor. É proclamado rei no momento da paixão, quando desce ao mais profundo do sofrimento humano e realiza o mais elevado gesto de amor. Sua realeza em nada tem a ver com a dos poderosos da terra. Jesus é um rei que serve seus servidores, como fez na última Ceia, lavando os pés dos discípulos.

Isso também vale para Maria: é rainha no serviço a Deus e à Humanidade, rainha que vive o dom de si a Deus para entrar no desígnio da salvação do Homem. Ao Anjo responde: “Eis a Serva do Senhor!”
Maria exercita essa realidade de serviço e de amor velando sobre nós, seus filhos. Dirigimo-nos a ela para agradecer ou para pedir sua materna proteção e sua celeste ajuda. Confiamos no auxílio de Maria, em sua intercessão junto ao Filho, em nossa peregrinação ao longo da estrada do mundo”.
Bento XVI cita o Rosário, as Ladainhas e a Salve Rainha onde Maria é diversas vezes invocada como rainha.

O Santo Padre nos diz que “a devoção a Nossa Senhora é um elemento importante da vida espiritual”. “Maria não deixará de interceder por nós junto ao Filho. Maria é a Rainha do Céu, próxima a Deus, mas também a mãe próxima a cada um de nós, que nos ama e escuta a nossa voz.”

Antes de concluir a Audiência o Santo Padre saudou os diversos grupos em suas línguas, inclusive em Português:

Amados peregrinos de língua portuguesa, uma cordial saudação de boas-vindas para todos. Hoje, a Igreja celebra Nossa Senhora Rainha dos Céus e da terra que, a exemplo de Seu Filho Jesus, Senhor do Universo, manifesta a sua realeza através da humildade, do serviço e do amor. Na vossa oração, não deixeis de dirigir-vos a Ela com confiança. Possa A Virgem Maria velar por cada um de vós. E que Deus vos abençoe. (CAS)

top

Sábado, a procissão de Nossa Senhora no lago de Castel Gandolfo

◊   Castel Gandolfo (RV) – A cidade que hospeda o Pontífice neste tempo de verão está vivendo com muita expectativa a tradicional procissão de barcos que seguirá a imagem de Maria, sábado, 25, por ocasião do 35º aniversário da inauguração da Igreja de Nossa Senhora do Lago.

Às 18h30, o Cardeal Tarcisio Bertone, Secretário de Estado, celebrará a missa na igreja lacustre e logo após, o bispo de Albano, Dom Marcello Semeraro, acompanhará a imagem da Virgem até o barquinho com o qual seguirá em procissão. Enquanto isso, no pequeno porto, a banda do Corpo da Gendarmaria Pontifícia dedicará uma homenagem musical a Bento XVI.

A tarde de festa terminará com uma significativa evocação histórica: serão retransmitidas as palavras de Paulo VI e João Paulo II quando visitaram a igreja e ali celebraram missas, em 15 de agosto de 1977 e 2 de setembro de 1979. A iniciativa de celebrar este dia é da Paróquia de São Tomás de Villanova, confiada aos salesianos.
(CM)

top

Líbano: chegou a Beirute o papamóvel

◊   Beirute (RV) – O papamóvel – veículo branco que transporta o Papa – já está guardado no Palácio presidencial de Beirute, em Baabda, informa a National News Agency (NNA – Líbano). Após os boatos dos últimos dias de que esta viagem do Pontífice seria adiada ou mesmo cancelada, este fato confirma as palavras do Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé. Padre Federico Lombardi que confirmou a presença do Santo Padre no País dos Cedros de 14 a 16 de setembro.

O papamóvel foi recebido pelo Núncio Apostólico, Dom Gabriele Giordano Caccia, por Mons. Paolo Borgia, Conselheiro da Nunciatura e outros integrantes do Comitê que prepara a visita papal. Enquanto isso, Dom Camille Zaidan, Arcebispo maronita de Antélias e Presidente do Comitê, confirmou uma próxima coletiva de imprensa para ilustrar a fase final de preparação da visita. Baabda, a “cidade presidencial”, encontra-se numa colina a uns 9 km na direção sudeste de Beirute. É uma localidade com 2.500 habitantes, sede da Província do Monte Líbano e junto com os Distritos de Metn, Shuf e Aley faz parte da grande Beirute. (SP)

top

Tribunal dos EUA arquiva acusações contra a Santa Sé

◊   Portland (RV) – O Tribunal Distrital Federal de Portland, nos Estados Unidos, absolveu o Vaticano das responsabilidades por um religioso culpado de pedofilia nos anos 60. Michael Mosman, Juiz do Tribunal Distrital Federal decidiu que a Santa Sé “não pode ser considerada como entidade empregadora (patronal)” de sacerdotes e, portanto, responsável, em sede civil por abusos sexuais cometidos por padres e de indenizações às vítimas.

No específico verificou-se a ausência total de qualquer “relação de trabalho” entre a Santa Sé e o sacerdote protagonista dos abusos. Portanto, a decisão encerra o processo com a motivação de “falta de jurisdição”. Este caso é importante – explica ao Vatican Insider o advogado Dr. Lena -, porque mostra a distinção entre certas acusações e a realidade dos fatos que emerge dos documentos.

O Tribunal – reafirmou Dr. Lena -, de fato, rejeitou a teoria de que um padre deve ser considerado um empregado da Santa Sé, só porque ele está sujeito às normas do Código de Direito Canônico. (SP)

top

Papa reza pelo descanso eterno do premiê etíope Zenawi

◊   Castel Gandolfo (RV) – O Papa Bento XVI enviou uma mensagem ao Sr. Girma Wolde Giorgis, Presidente da República da Etiópia, manifestando seu pesar pelo falecimento do primeiro-ministro Meles Zenawi, 58, ocorrido na noite de 2ª feira, em Bruxelas. A mensagem é assinada pelo Cardeal-secretário de Estado, Tarcisio Bertone.

“Tendo tomado conhecimento da morte prematura do primeiro-ministro etíope, Meles Zenawi, Sua Santidade o Papa Bento XVI envia condolências a Vossa Excelência, à família do Sr. Zenawi e a todo o povo da Etiópia. Recordando seus muitos anos de liderança, o Santo Padre garante suas orações por seu descanso eterno. À família do primeiro-ministro e a todos os que choram a sua perda, Sua Santidade invoca as bênçãos de Deus Todo-Poderoso, como penhor de conforto e esperança”.
(CM)

top

Morre o Cardeal Shan, incansável promotor do diálogo inter-religioso

◊   Cidade do Vaticano (RV) – Faleceu na manhã desta quarta-feira, aos 89 anos, o bispo emérito de Kaohsiung, em Taiwan, Cardeal Paul Shan Kuo-Hsi. Nascido em 3 de dezembro de 1923, em Puyang, Hopeh, na China (Diocese de Taming), entrou na Companhia de Jesus em 11 de setembro de 1946, em Pequim, onde, em 12 de setembro de 1948 fez os primeiros votos.

Foi ordenado sacerdote no dia 18 de março de 1955, em Baguio, nas Filipinas. De 1959 a 1961 fez Doutorado em Teologia espiritual, na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Em Thuduc, no Vietnã, em 2 de fevereiro de 1963 fez os votos solenes.

Em 15 de novembro de 1979 foi eleito bispo de Hwalien, em Taiwan, recebendo a ordenação episcopal em 14 de fevereiro de 1980. Em 1983 foi encarregado das celebrações pelos 400 anos da chegada à China do sacerdote jesuíta Pe. Matteo Ricci.

Em 4 de março de 1991 foi nomeado bispo de Kaohsiung, tomando posse da nova diocese em 17 de junho sucessivo. Incansável promotor do diálogo inter-religioso, era bispo emérito de Kaohsiung desde 5 de janeiro de 2006. João Paulo II criou-o cardeal no Consistório de 21 de fevereiro de 1998. Com o seu falecimento o Colégio Cardinalício fica agora composto por 207 purpurados, 118 dos quais eleitores e 89 não-eleitores. Os cardeais jesuítas são agora 7. (RL)

top

Igreja no Brasil

Dom Pedro Brito escreve aos jovens

◊   Palmas (RV) – Dirigida, inicialmente, aos jovens da Arquidiocese de Palmas (TO), mas também a toda a juventude pela força do tema e da proximidade da realização da Jornada Mundial da Juventude, uma carta foi escrita pelo Arcebispo Dom Pedro Brito Guimarães. O documento foi enviado à assessoria de imprensa da CNBB no último domingo, dia 19 de agosto.
Leia a Carta na íntegra. (SP-CNBB)

CARTA AO JOVEM DA ARQUIDIOCESE DE PALMAS

Amado, amada de Deus, jovem da Arquidiocese de Palmas,

Tenho Sede!

Querido jovem, sou ainda do tempo em que a carta era o meio mais popular de comunicação entre as pessoas. Hoje, com o advento da internet, ela deixa de ter esta função, que passa a ser exercida pelas redes sociais. Palavras como “internauta”, “facebook”, “conectar”, “navegar”, “twittar”, “teclar”, “download”, “interatividade” etc., fazem parte do vocabulário do jovem de hoje. Penso exatamente como pensa o poeta: “os jovens são como os pássaros: voam sempre em direção da primavera” (Giorgio La Pira). Precisamos voar juntos, na direção da primavera que a juventude está vivendo. Temos muitas coisas boas e bonitas para conversar, para dizer e para ouvir: notícias, sonhos, projetos e eventos, programados em função da evangelização da juventude. Por isto convido você para arrastar as cadeiras, sentar em círculo, formar uma roda de conversa e bater um papo legal.
Quero dizer inicialmente que sou igual a um pai que cuida mais do filho pequeno até que ele cresça; que cuida mais do filho doente até que ele fique bom; e que cuida mais do filho ausente até que ele volte. E como um pai, caro filho, cara filha, me alegro com suas lutas, seus sonhos e as suas vitórias; ao mesmo tempo, me entristeço e sofro com os seus problemas, seus desafios e, sobretudo, com a falta de políticas públicas para a juventude. “Não temos em nossas mãos a solução de todos os problemas do mundo, mas diante dos problemas do mundo temos nossas mãos” (Friedrich von Schiller).
Estamos em compasso de contagem regressiva para um dos maiores eventos juvenis, em escala mundial, a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013), que acontecerá de 23 a 28 de julho de 2013, no Rio de Janeiro. O “ide e fazei discípulos em todas as nações” (Mt 28,19), lema da referida JMJ Rio2013, se constitui um verdadeiro programa de vida, um mandato e um convite de Jesus para você. O santo padre, o papa Bento XVI, disse que “a JMJ é uma formidável experiência de fraternidade, de encontro com o Senhor, de partilha e de crescimento na fé: uma verdadeira cascata de luz”. É missão nossa conduzi-lo a este encontro com Jesus vivo, irmão e amigo, mestre e pastor misericordioso, luz e pão, caminho, verdade, vida e esperança do jovem cristão. Que Jesus missionário, de braços abertos, habite neste seu coração verde, amarelo, azul e branco.
O convívio com o Senhor desperta e demonstra o que o jovem deve ter de melhor: a fé. O “ide e fazei discípulos entre todas as nações”, é um anúncio para a vida toda e para toda a vida. É urgente a missão do jovem que se encontrou com Jesus comunicar aos outros mais afastados a luz e a beleza da fé e a alegria de ser discípulo missionário de Jesus Cristo. Abra o seu coração a Deus. Deixe Cristo o surpreender com seu amor. Não tenha medo de Jesus. Ele não tira nada de ninguém, ao contrário, dá tudo, inclusive sua vida em nosso resgate. Quem deixa Jesus entrar na sua vida não perde nada, absolutamente nada do que faz a vida livre, bela e grande.
Faz parte da nossa missão estimulá-lo ao estudo, à participação, à preparação e à missão para a JMJ Rio2013, aqui na arquidiocese de Palmas. Posso imaginar que você dirá o que um dia disse o jovem Jeremias: “ah, Senhor Deus! Não sei falar, porque ainda sou um menino!” (Jr 1,7). Ele o quer assim mesmo, do jeito que você é e da forma como você está vivendo. Deus não quer simplesmente o perfeito. Ele quer o imperfeito para aperfeiçoá-lo com seu amor. É nesta hora que começa a missão da Igreja, Mãe e Mestra.
Querido jovem, exorto-o a adquirir intimidade com a Bíblia, a tê-la à mão, para que ela lhe seja como uma bússola que indica o caminho a seguir. Ele quer você como quis São João Diego: com a bíblia nas mãos, Jesus no coração e os pés na missão. Deixe que Deus o ilumine com a sua luz a sua mente e toque com a sua graça o seu coração.
Preocupam-nos a fragilidade da educação religiosa, na catequese familiar e paroquial, a perda progressiva dos valores cristãos, a fragilidade dos grupos e das pastorais das juventudes. Vivemos num mundo onde há muitos desperdícios de talentos e perdas de vidas humanas. A cultura de morte, a violência, o assassínio de tantos jovens, sobretudo dos negros e dos pobres, a avidez do mercado, através da massiva publicidade, leva os jovens ao mundo ilusório e maravilhoso do consumismo, do prazer das drogas, do sexo e, portanto, a falta do sentido da vida.
No inicio desta contagem regressiva para o maior evento de jovens católicos do mundo, temos muitas coisas para conversar sobre a preparação dos jovens para proporcionar e assegurar uma participação ativa, consciente e frutuosa neste evento. Temos que investir muito nesta preparação espiritual e missionária de todas as expressões da juventude existentes no arco da arquidiocese de Palmas. Nossa missão é ajudar a você, amado, amada de Deus, a descobrir o sentido da vida e o projeto que Deus tem para você.
Permita-nos apontar três caminhos que se fazem necessários seguir nesta preparação para a JMJ Rio2013:
1) Fortalecer o SETOR DA JUVENTUDE: funcionar como um guarda-chuva; contar com a participação de todas as expressões da juventude existentes na arquidiocese, para o seu pleno funcionamento: coordenar os trabalhos; dividir os serviços; adquirir instrumentos de trabalho; informatizar o Setor; escolher de um local e definir o horário de atendimento; escolher voluntários; coordenar o envio dos jovens à JMJ Rio2013, a CF-2013 e a Semana Missionária. Pedimos aos grupos de jovens aguardem o calendário do Setor da Juventude para 2013 para depois elaborarem os seus calendários. Para quaisquer outras informações, favor dirigir-se ao coordenador, Padre Camilo (63 81142106) e com o assessor de Comunicação, Heraldo (63 84456086).
2) Participar de três eventos, inicialmente chamados de “PREPARAI OS CAMINHOS DO Rio2013”;
1. 7 a 8 de setembro: – ADORAI JOVEM;
2. 28 de outubro: – DNJ – PALMAS 2012;
3. 8 a 9 de dezembro: – Encontro de preparação dos delegados à JMJ – Rio2103.
3) Convidar também para a II CARAVANA MISSIONÁRIA ARQUIDIOCESANA, a realizar-se em Lagoa do Tocantins e Santa Teresa, nos dias 16 a 23 de dezembro deste ano em curso.
Invoquemos juntos a proteção dos santos e das santas patronos e intercessores da JMJ Rio 2013. A Igreja necessita de santos. Todos nós somos chamados à santidade, e só os santos podem renovar a humanidade. A Igreja necessita também de autênticos testemunhos para a nova evangelização: jovem, cuja vida seja transformada pelo encontro com Jesus; jovem capaz de comunicar esta experiência aos outros. Quem descobriu Cristo deve levar os outros para Ele. Um grande presente como este e uma grande alegria como esta não podem ser guardadas para si mesmo. É necessário transmiti-lo aos outros.
E, para concluir, façamos nossas as palavras do papa dos jovens, o beato João Paulo II: “precisamos de Santos sem véu ou batina. Precisamos de Santos de calças jeans e tênis. Precisamos de Santos que vão ao cinema, ouvem música e passeiam com os amigos. Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se “lascam” na faculdade. Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade. Precisamos de Santos modernos, Santos do século XXI com uma espiritualidade inserida em nosso tempo. Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais. Precisamos de Santos que vivam no mundo, se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo. Precisamos de Santos que bebam Coca-Cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem discman. Precisamos de Santos que amem a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomar um refri ou comer pizza no fim-de-semana com os amigos. Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de esporte. Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros. Precisamos de Santos que estejam no mundo; e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos”.
Caro jovem, fé firme, esperança jubilosa e amor ardente são os nossos desejos para este tempo de preparação dos caminhos, rumo à JMJ Rio2013.

Um abraço cordial deste pai, irmão e amigo, com minha bênção.

“Eu amo você em Jesus Cristo” (1Cor 16,24).

Dom Pedro Brito Guimarães,
Arcebispo de Palmas

top

Igreja na América Latina

Bispos do Peru reunidos na 100a Assembleia

◊   Lima (RV) – Com uma missa solene, concelebrada por todos os bispos do Peru, foi aberta nesta 3ª feira na capital do país a 100ª Assembleia Extraordinária do Episcopado Peruano, que se prolonga até 6ª feira, 24 de agosto.

A Eucaristia foi celebrada na Basílica Menor do Santo Rosário, no Convento de Santo Domingo, em Lima, e logo após, começaram os trabalhos, na Sala Capitular do Convento. À tarde. As sessões prosseguiram na sede do Episcopado Peruano.

A Assembleia Plenária é o órgão supremo da Conferência Episcopal, integrada por todos os bispos das 45 jurisdições eclesiásticas do Peru, assim como os bispos coadjutores e auxiliares das dioceses. O Episcopado Peruano se reúne anualmente na Assembleia Plenária, em sessão ordinária. Em caso de motivos urgentes ou a pedido de um terço de seus membros, podem se realizar sessões extraordinárias durante o ano.
(CM)

top

Igreja na Bolívia debate itinerários de formação aos sacramentos

◊   La Paz (RV) – O Conselho de Coordenação Pastoral (CCP) da Conferência Episcopal se reuniu esta 3ª feira em Cochabamba para tratar de assuntos de caráter pastoral da Igreja na Bolívia e delinear ações futuras no contexto do Ano da Fé e da Missão Permanente.

O Conselho se reúne regularmente antes das Assembleias Ordinárias da CEB e é formado por bispos e secretários executivos das áreas de animação pastoral, cuja tarefa é dinamizar o caminho da Igreja.

Há algum tempo, a Conferência Episcopal notou a necessidade de que os encontros do Conselho fossem mais frequentes, para debater questões pastorais do momentos, como itinerários de formação aos sacramentos de iniciação cristã de crianças, jovens e adultos.

“É preciso refletir sobre isso e forjar linhas comuns de ação que sejam um instrumento-base para o trabalho de nossos catequistas”, disse o Padre José Fuentes, secretário para a Pastoral da CEB.

Padre Fuentes explica que a comunidade católica deve compreender que os sacramentos não são simples ações concretas, mas processos de formação na fé que caminham lado a lado com o processo de vida de cada cristão. “Por esta razão, é necessário o desenvolvimento de materiais catequéticos, que são um verdadeiro apoio nestes processos, e ajudar o catequista em sua tarefa”.
(CM)

top

Colômbia: demolida estátua de Nossa Senhora de Lourdes

◊   Medellín (RV) – A população de Valparaíso (Estado de Antioquia, Colômbia) expressou sua indignação pelo descaso contra o sentimento religioso depois da destruição de uma imagem de Nossa Senhora de Lourdes, que esteve por mais de 80 anos em uma gruta, aos cuidados do proprietário do terreno. Como o proprietário do edifício onde se encontrava a imagem religiosa, na beira da estrada, já não queria mantê-la em seu terreno, resolveu destruí-la.

Em declarações feitas ao jornal “El Colombiano”, a líder comunitária Ligia Henríquez manifestou que: “sente uma tristeza imensa, não há palavras que possam expressar o que se sente ao ver um patrimônio desses desaparecer”. A imagem foi colocada nesse terreno pelos operários que participaram da construção da estrada, há quase um século. Todos os trabalhadores contribuíram para a compra da imagem, conforme recordou a filha do Juan Pablo Martínez, capataz da obra.

Ligie Henríquez assinalou que “quando a estrada foi terminada, os motoristas paravam, rezavam e encomendavam a viagem”. O Pároco de Valparaíso, Padre Nelson Mesa Posada, para acalmar a população que ficou irritada, qualificou o ato como intolerância religiosa e superstição. “Ele, sem consultar ninguém, nem os vizinhos, nem o sacerdote, derrubou-a. Isso causou rejeição, indignação e raiva nas pessoas. Graças a Deus ninguém viu a destruição, pois teriam reagido de outra maneira”, disse o sacerdote.

O padre também exortou aos habitantes indignados a “não responderem com a mesma moeda”. O Bispo de Jericó, Dom Roberto López, sabendo do que ocorreu, ordenou um ato de reparação. A cerimônia consistirá em uma procissão da igreja local até a gruta onde se encontrava a imagem da Virgem. Ali se rezará o Terço e se celebrará uma Missa “para reparar o ato da profanação”. Apesar da gruta ter ficada vazia, os peregrinos continuam indo visitá-la para pedir a intercessão de Nossa Senhora de Lourdes. (SP)

top

Igreja no Mundo

Nigéria: “O governo busque o diálogo com os fundamentalistas do grupo Boko Haram”

◊   Roma (RV) – O governo da Nigéria busque o diálogo com os fundamentalistas do grupo Boko Haram, porque “a guerra nunca trouxe uma paz duradoura na história da humanidade”. Estas são as palavras do Arcebispo de Lagos, Dom Alfred Adewale Martins, que recentemente se encontrou com a imprensa local. Todavia, ainda ontem, a Nigéria registrou novas violências anticristãs: foi atingida desta vez uma escola católica em Damagun. Aumenta assim a lista de ataques anticristãos perpetrados por membros do grupo Boko Haram, que há algum tempo está devastando o país africano.

Episódios “deploráveis” e “ataques vis” os definem Dom Martins. Reafirmando em seguida que “o Islamismo é uma religião de paz”, o prelado sublinha que “aqueles que realizam tais atos de terrorismo contra os irmãos nigerianos não são verdadeiros muçulmanos, mas sim terroristas intencionados a desestabilizar a Nação”. Daqui o apelo ao governo para que “atue urgentemente e com decisão contra semelhantes agressões”, mas sem deixar de lado o caminho da mediação, porque “é sempre melhor quando todas as partes em causa se sentam ao redor de uma mesa e expõem os seus pensamentos através de um diálogo construtivo”.

Outro convite Dom Martins dirige a todos os fiéis a fim de que “continuem a rezar a Deus, único que pode dar verdadeiramente a paz e a harmonia tanto desejada ao país”. Em seguida o Arcebispo de Lagos se detém sobre o papel da imprensa, essencial também no passado para a construção de um país democrático e “capaz de falar com uma voz só contra todas as formas de opressão, mostrando assim à população o justo caminho a ser seguido”.

“Os meios de comunicação – explica o prelado – são agentes de mudança que podem mobilizar, reforçar e promover os valores positivos na sociedade”. Por isso, Dom Martins convida os jornalistas a não se esquecerem da sua “especial vocação” olhando para Deus, “o primeiro comunicador que criou o homem e o universo através do poder da palavra”. (SP)

top

Dia Internacional de Oração pela Paz

◊   Genebra (RV) – Um Dia Internacional de Oração pela Paz: é a iniciativa promovida pelo Conselho Mundial de Igrejas (COE) para o próximo dia 21 de setembro, coincidindo com o Dia Internacional da Paz, instituído pela ONU. “Os participantes da iniciativa – lê-se em um comunicado -, são convidados a rezar e trabalhar juntos por uma paz justa nas comunidades, nas nações e no mundo”.

As orações podem ser compartilhadas nas redes sociais como Facebook (www.overcomingviolence.org) e Twitter (hashtag), ou enviadas ao Conselho Mundial através de e-mail (webeditor@wcc-coe.org). As orações podem ter uma visão da paz sob vários aspectos: social, econômico, ecológico ou político-militar.

Recordando, depois, o tema escolhido este ano por “Paz na Terra”, comunidades cristãs de base com sede nos Estados Unidos, o Conselho Mundial de Igrejas convida os fiéis a rezarem especialmente pelo “cessar-fogo”, a ser entendido seja como uma trégua dos conflitos armados no mundo, seja como reconciliação na família, no trabalho, na comunidade paroquial.

Em sua oitava edição, o Dia Internacional de Oração pela Paz nasceu em 2004 por iniciativa dos então Secretários-gerais da ONU e Coe, respectivamente, Rev. Samuel Kobia e Kofi Annan, e fazia parte das iniciativas ecumênicas previstas para a “década contra a violência”, que teve lugar entre 2001 e 2010. (SP)

top

Indonésia: novas ações contra cristãos

◊   Parung (RV) – Uma Santa Missa impedida de ser celebrada e um atentado contra uma delegacia de polícia caracterizaram o fim do Ramadã na Indonésia. Conforme relatado pela agência AsiaNews, um grupo de extremistas islâmicos impediu a celebração de uma Liturgia Eucarística em Majalaya, no leste de Java. O sacerdote teria recebido um telefonema da polícia da região, que alertou para possíveis incidentes ou ataques contra os cristãos que participassem da missa no dia do Idul Fitri, a festa que marca o fim do Ramadã.

O episódio se insere em um contexto já difícil para os fiéis cristãos da região. As celebrações cristãs há muitos anos se realizam em uma sala dentro de um galpão, porque as autoridades locais não concedem as licenças necessárias para construir um lugar de culto permanente. Um caso semelhante, o último em ordem de tempo, ocorreu na Paróquia de São João Batista, em Parung, com o fechamento da “Casa de Oração” com o risco da mesma ser demolida. Ainda no dia de Idul Fitri, uma delegacia de polícia na cidade de Solo, Java central, sofreu um atentado.

Enquanto a população estava festejando pelas ruas, alguém atirou uma granada para dentro do prédio, um episódio que, felizmente, não causou vítimas. Um dos aspectos mais preocupantes desses episódios é que, ao contrário do que acontecia no passado, hoje também as tradicionais festas islâmicas não são mais imunes a riscos de violência. (SP)

top

Timor Leste: Igreja discute a questão das seitas

◊   Díli (RV) – Timor Leste vai acolher, pela primeira vez, um encontro das presidências das Conferências Episcopais dos Países de Língua Oficial Portuguesa, entre os dias 6 e 10 de setembro. No encontro, – informou a Rádio Renascença – que se vai realizar em Díli, um tema importante já marcado na agenda: a influência das seitas. Esta é uma questão central em Timor Leste, país onde o problema se coloca de forma preocupante, explica Padre Manuel Morujão, Porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP).

“A Igreja tem o dever de alertar os cristãos para que não enveredem por uma meia verdade, por verdades distorcidas ou incompletas”. Diante do aumento das seitas, é importante que a Igreja seja suficientemente esclarecedora para os menos avisados. “Este aumento das seitas é um alerta para a Igreja, para dizer como é que nós, católicos, estamos evangelizando. Mas devemos estar atentos, para que os fiéis da Igreja Católica não se deixem levar por teorias fáceis, por movimentos, em que o sentimento é exaltado e nos quais, muitas vezes, são explorados”, adverte Padre Morujão.

“O desafio das seitas e a nova evangelização” é o tema do encontro das Conferências Episcopais dos PALOPS, que vai ter lugar em Díli, no início de setembro. (SP-RR)

top

EUA: Republicanos pedem cortes sociais. Igreja reage compacta

◊   Washington (RV) – As religiosas e os bispos católicos dos EUA estão indignados com o plano de ajuste fiscal e o programa de cortes sociais idealizados pelo “número dois” republicano, Paul Ryan.

Desde que Ryan, que aspira à vice-presidência dos EUA pelo Partido Republicano, anunciou em abril seu drástico plano de austeridade, a Igreja Católica está na linha de frente das críticas por considerá-lo uma “traição” e uma “armadilha mortal” para os mais pobres.

Em julho, o Bispo de Stockton e presidente do Comitê de Justiça Nacional e Desenvolvimento Humano da Conferência de Bispos Católicos dos EUA, Dom Stephen E. Blaire, reiterou que “o ajuste fracassa na hora de encarar os critérios morais de solidariedade e proteção aos menos favorecidos”.

A Conferência Episcopal enviou também uma carta ao Congresso para alertar contra o plano orçamentário, “moralmente indefensável e traidor do princípio católico da solidariedade”.

Aos bispos, se somou um grupo de religiosas, que foi para a estrada em julho em um ônibus batizado como “Nuns on the bus” (Freiras no ônibus) com o qual percorrem o país denunciando a agressiva proposta de cortes.

“O plano é uma armadilha mortal para aqueles que estão nas margens da sociedade; põe em perigo grande parte dos programas sociais” – denunciou Irmã Diane Donahue, ao encerrar seu percurso diante do Congresso em Washington, em 2 de julho.

A Irmã Simone Campbell, uma das religiosas que viaja no “Nuns on the bus”, classificou na semana passada o plano como “horrível” e convidou o candidato republicano à presidência, Romney, e o aspirante à vice-presidência, Ryan, para passar um dia de campanha com elas em seus trabalhos com os menos favorecidos. Para a religiosa, o plano de ajuste é antipatriota e contrário à justiça social.

O plano propõe reduzir o déficit fiscal com duros cortes aos programas sociais e ao gasto público. (CM)

top

Fátima celebra título de Basílica à Igreja da Santíssima Trindade

◊   Fátima (RV) – Domingo, 26 de agosto, o Santuário de Fátima celebra missa solene de ação de graças pela atribuição do título de Basílica à igreja da Santíssima Trindade. A celebração oficial terá lugar na nova basílica às 15h.

Presidida pelo bispo de Leiria-Fátima, Dom António Marto, a celebração solene em ação de graças será ocasião para os fiéis manifestarem sua satisfação pela atribuição do título à Igreja da Santíssima Trindade, cuja dedicação ocorreu a 12 de outubro de 2007. Durante a celebração, será lido o decreto de concessão do título, assinado pelo Prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, Card. Antonio Cañizares Llovera, a 19 de junho de 2012. As informações foram enviadas à RV pelo Santuário.

A notícia de que Roma atribuiu à Igreja da Santíssima Trindade do Santuário de Fátima o título de Basílica Menor foi divulgada no último dia 12 de agosto. A concessão ocorre no contexto da celebração do Centenário das Aparições, e evidencia o carinho que o Papa nutre por Fátima.
(CM)

top

Entrevistas

Núncio na Síria pede respeito pelo direito humanitário

◊   Cidade do Vaticano (RV) – O núncio apostólico em Damasco, Dom Mario Zenari, reagiu às declarações do Presidente dos Estados Unidos Barak Obama, que cogitou uma intervenção militar caso sejam utilizadas armas químicas no conflito na Síria. Dom Zenari apelou ao respeito pelo “direito humanitário” no país.

Entrevistado pela RV, o núncio opinou que “neste momento, é preciso exigir de todas as partes em conflito o rigoroso respeito do direito humanitário internacional, que tem sido pisoteado por culpa de todos os beligerantes”.

O arcebispo não comentou especificamente as recentes declarações de Obama, mas insistiu na convicção de que “aquilo que é preciso exigir neste momento é o respeito pelos limites que já se encontram fixados pelo direito humanitário internacional”. O conflito entre as forças de al-Assad e os opositores causou mais de 23 mil mortos em 17 meses.

O diplomata da Santa Sé reconheceu: “Estamos todos sem palavras, e há a impressão, um receio generalizado, de que as coisas estão fugindo do controle”.

Um motivo de esperança existe: a chegada do novo mediador internacional, Lakhdar Brahimi, que reabre espaço no campo das negociações. Para o núncio apostólico, “a comunidade internacional não deve desistir, mas continuar a tentar”.

O arcebispo italiano faz votos que “todos os grupos étnicos e religiosos da Síria encontrem o caminho da paz”.
(CM)

top

Arcebispo Migliore comenta Acordo entre Igreja polonesa e Patriarcado de Moscou

◊   Cidade do Vaticano (RV) – “Um ato histórico de reconciliação”: com essas palavras, os bispos europeus comentaram a Declaração comum subscrita dias atrás entre o Episcopado católico polonês e o Patriarcado Ortodoxo de Moscou.

O acordo foi selado, no Castelo Real de Varsóvia, pelo presidente dos bispos poloneses, Dom Jozef Michalik, e o Patriarca de Moscou e de todas as Rússias, Kiril. Tratou-se de um gesto profético no caminho do diálogo, do qual, no Angelus de domingo passado, o Papa ressaltou a importância relevando o desejo expresso “de fazer crescer a união fraterna e de colaborar em difundir os valores evangélicos do mundo contemporâneo”.

Mas, e agora, quais são os frutos esperados? Foi o que a Rádio Vaticano perguntou ao Núncio apostólico na Polônia, Dom Celestino Migliore. Eis o que disse:

Dom Celestino Migliore:- “Que as respectivas Igrejas e sociedades, na esteira da boa vontade suscitada por este primeiro passo, contribuam de modo factível para a purificação da memória, para o diálogo e para a cooperação nascidas da Declaração comum.”

RV: A Declaração comum foi definida como “um ato histórico de reconciliação”. O presidente da Conferência Episcopal polonesa, Dom Michalik, chamou a atenção no sentido de não se avaliar em “termos políticos” esse apelo à reconciliação entre as respectivas nações e Igrejas. Qual o motivo desse temor?

Dom Celestino Migliore:- “As duas Igrejas irmãs, a Ortodoxa e a Católica, se comprometem a dar uma contribuição para a prevenção, mediação e reconciliação das divergências, não no sentido técnico e jurídico internacional destes termos, algo que cabe à política, mas nos termos próprios, que partem da conversão do coração e das mentes dos indivíduos e das comunidades. Quando política e religião oferecem, cada uma, sua contribuição específica sem uma invadir o campo da outra, então se alcança mais rápido e melhor o bem comum.”

RV: A Declaração convida os fiéis ortodoxos e católicos russos e poloneses ao perdão recíproco. Qual valor tem hoje a palavra “perdão”?

Dom Celestino Migliore:- “Duas comunidades cristãs, como a católica e a ortodoxa, realizam o perdão recíproco quando se ajudam a ver a história passada e presente e a delinear um futuro comum à luz da verdade, que está acima de nós, aquela verdade que vem do alto à qual nos submetemos e que nós cristãos devemos buscar juntos. É essa verdade que nos ajuda a perdoar e a construir positivamente o perdão.”

RV: Após esse acordo entre as autoridades das duas confissões cristãs podemos esperar também outros passos no seio dessas duas comunidades?

Dom Celestino Migliore:- “Com certeza, esperamos muito isso, justamente porque este primeiro passo despertou também muita atenção, resposta e boa vontade nas respectivas comunidades.” (RL)

top

Formação

Ir a quem

◊   Uberaba (RV)* – Há uma sena bíblica que é muito interessante. Após dizer da importância do seguimento da Palavra, de suas fundamentais exigências, Pedro disse a Jesus: “A quem nós iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna” (Jo 6, 68). Por onde e para onde vamos hoje, se as palavras da Sagrada Escritura têm as mesmas exigências?
Ou servimos a Deus de forma livre e coerente, ou as nossas ações não passam de meras práticas hipócritas e isoladas. A opção por Deus ocasiona consequências novas de relacionamento com o outro, fato que começa na convivência do cotidiano da comunidade. A transparência revela atitudes conformes com as exigências da Palavra de Deus.
Não basta ouvir, mas é preciso escutar com prontidão para executar aquilo que se escuta sobre as exigências da vida. Isto faz com que haja rompimento com o passado para recomeças uma vida nova. Não é fácil renunciar aquilo que vem marcando toda uma caminhada, mas que, nos novos tempos, não ajuda mais e até prejudica as pessoas.
Nos trabalhos sociais, sejam eles realizados por entidades religiosas, por clube de serviço ou pelo poder público, ambos devem ter como meta a qualidade de vida das pessoas. É essencial superar a sociedade de castas, de senhores e escravos, para aproximar os extremos, que causam sofrimento e degradação da vida de muita gente.
Sempre fez parte da vida do povo a existência de autoridade e súdito, tendo Deus como estando acima de todos os poderes. Só para Ele o mundo deve ir, ultrapassando todas as dificuldades no relacionamento, nos conflitos e desigualdades. O caminho que define esse itinerário é o amor entre as pessoas, que supera todo tipo de individualismo.
Na sociedade, todos nós somos iguais, mesmo que haja funções diversificadas. A marca principal é o “destino”, a direção para onde todos nós estamos indo, que deve ser bem definido. A vivência cristã é fruto de uma escolha, de uma decisão pessoal, de uma vocação como opção, tendo como meta ir ao encontro de quem chama.
* Dom Paulo Mendes Peixoto
Arcebispo de Uberaba.

top

Africanos são vítimas do tráfico humano na Península do Sinai

◊   Cidade do Vaticano (RV) – O Governo Israelense está apertando o cinto em sua política contra a imigração de africanos. Uma das ações mais claras é que, desde fevereiro deste ano, Israel está construindo um muro em sua fronteira com o Egito, na Península do Sinai, por onde já entraram cerca de 50 mil africanos desde 2007.

No início do ano, o Parlamento aprovou a Lei de Prevenção de Infiltrados, permitindo que as autoridades israelenses detenham imigrantes irregulares, incluindo refugiados e crianças, por três anos ou mais antes de sua deportação.

Muitos caem nas mãos de traficantes de seres humanos e, assim, são vítimas de torturas e maus-tratos. Nossa colega Dulce Araújo, do Programa Português da Rádio Vaticano, entrevistou uma religiosa comboniana que trabalha diretamente com esses imigrantes. Vamos ouvir sua reportagem:

(BF)

top

Missão Continental e formação: a experiência da Fundação Educacional Inaciana de São Bernardo do Campo

◊  
Cidade do Vaticano (RV) – Amigo ouvinte, eis-nos de volta ao nosso encontro semanal dedicado ao Brasil na Missão Continental, resposta significativa da Igreja na América Latina e Caribe ao chamado a uma nova evangelização, nova em seus métodos, em suas expressões, em seu ardor missionário.

De fato, nascida na Conferência de Aparecida, a Missão Continental propõe-se a colocar toda a Igreja no Continente da Esperança em estado permanente de missão. E um dos aspectos que caracteriza esse projeto de animação missionária diz respeito à formação dos leigos, buscando fazê-los discípulos e missionários.

Na edição passada tivemos a experiência de formação dos jovens, vivida na FEI – Fundação Educacional Inaciana –, em São Bernardo do Campo, SP, a nós trazida pelo presidente da fundação, Pe. Theodoro Paulo Severino Peters.

Ressaltamos que os colégios, faculdades, universidades representam uma plataforma privilegiada da Igreja não somente para a formação enquanto aquisição e domínio de conhecimentos, bem como de transmissão de valores, segundo a identidade de uma instituição católica de educação, buscando fazer com que seus estudantes amadureçam tornando-se pessoas capazes, também, de viver a fé e testemunhar valores.

Na edição de hoje Pe. Theodoro Peters nos fala, a partir da sua longa experiência como educador, quanto os jovens estão abertos – para além da aquisição de conhecimentos – para essa transmissão de valores: (RL)